Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

FisioBlog

Saúde, exercício e bem-estar

FisioBlog

Saúde, exercício e bem-estar

Um momento pode mudar tudo: Um filme sobre a E.L.A.

Esta é a história de Kate, uma pianista bem sucedida e recem diagnosticada com E.L.A. (esclerose lateral amiotrófica). Bec é uma estudante rebelde e aspirante a cantora de rock com uma vida muito desorganizada, que foi contratada para dar assistência a Kate. Com a evolução da condição, a relação de Kate com o seu marido começa a deteriorar-se. Kate e Bec criam uma relação única de amizade, passando por diversas situações divertidas e confusas.

 

 

 

Motricidade fina: Atividades de escrita

Em posts anteriores já falámos acerca da motricidade fina e da estimulação cognitiva.

A escrita é uma forma de treinar ambas e além disso apresenta muitos outros benefícios para todas as idades: consulte este link para ver um pouco mais.

 

 

Utilizo imensas vezes este tipo de exercícios para utentes com condições como o AVC que tenham dificuldades na motricidade fina, por exemplo, ou para utentes que devam assumir a posição de pé com suporte (standing frame por exemplo) para que não estejam desocupados enquanto se mantém na posição.

Estes exercícios também são ideais para utentes que tenham realizado procedimentos cirúrgicos à mão que já estejam em fase de recuperação. No entanto, todos estes exercícios devem ir sempre de encontro aos objectivos e interesses do utente. 

 

Hoje deixo aqui novas sugestões de actividades que pode realizar facilmente em casa. Basta imprimir ou improvisar. 

 

shapes practice writing-1.jpg

 Fonte: http://littepileseverywhere.blogspot.pt/2011/01/writing-practice-shapes.html

Traçar padrões: Esta poderá ser uma alternativa inicial antes de começar a escrever um texto por completo. Utilize diferentes materiais para traçar: lápis de carvão, lápis de cor, lápis de cera, marcadores... a lista é muito grande, e permite que quem realiza este exercício adquira novas estratégias na actividade de pegar e manusear diferentes objectos.  

No link abaixo da imagem encontrará duas folhas para traçar formas e linhas, que poderá imprimir para utilizar gratuitamente.

 

c62a98fc2524a610e17780c5ea54b9c1.jpg

8b12e3541e05373f96143a57cdc444a3.jpg

 

Fonte números: http://www.flandersfamily.info/web/number-writing-practice-sheet/

Fonte letras: http://www.studenthandouts.com/01-Web-Pages/Lot-01/Free-Printable-Print-Handwriting-ABC-Alphabet-Writing-Sheet.html

 

 Traçar números e letras: Traçar cada número / letra poderá ser uma forma de aperfeiçoar a escrita. Poderá insistir nas letras ou números em que apresenta maior dificuldade. Poderá reutilizar a folha mais que uma vez se colocar a folha dentro de uma mica e traçar com marcador de água no plástico. Depois é só limpar com um pano húmido.

 

chalkboard1315460735576.jpg

 Utilizar um quadro: Os quadros pretos ou brancos oferecem infinitas possibilidades de prática da motricidade fina. Poderá desenhar, traçar linhas, escrever, apagar, fazer e refazer inúmeras coisas. É só usar a nossa imaginação. 

 

Pode consultar mais informações em:

Motricidade fina no AVC - http://www.strokeassociation.org/STROKEORG/LifeAfterStroke/RegainingIndependence/PhysicalChallenges/Tips-for-Improving-Fine-Motor-Skills_UCM_309776_Article.jsp#.VtLMJZyLTIU

Motricidade fina no desenvolvimento da criança - http://www.maemequer.pt/desenvolvimento-infantil/crescer/despertar-para-o-mundo/a-motricidade-grossa-e-a-motricidade-fina-no-desenvolvimento-da-crianca/

 

 

 

Hoje é Dia da Incontinência Urinária

 

 

 

 

Por definição chama-se Incontinência Urinária a qualquer perda involuntária de urina, sendo que afeta cerca de 20% da população portugesa. Embora seja mais frequente na mulher, também existem casos no sexo masculino.

A Incontinência Urinária pode ser classificada em Incontinência de Esforço, quando as perdas de urina estão associadas a esforços físicos (tossir por exemplo) e Incontinência por Imperiosidade, quando está associada a uma vontade urgente de urinar.

 

 

Existe fisioterapia para a incontinência urinária?

Sim! A maioria dos casos de incontinência urinária poderão ser resolvidos após serem devidamente avaliados e em conjunto com o utente elaborar-se-há o plano de intervenção, que lhe permita compreender o funcionamento da musculatura do pavimento pélvico e o ensino de exercícios específicos para estes músculos, bem como o ensino e aconselhamento de estratégias para um melhor estilo de vida no dia-a-dia.

 

Mais informações em:

  • Associaçao portuguesa de neurourologia e uroginecologia - http://www.apnug.pt/
  • Grupo de interesse de fisioterapia na saúde da mulher - http://www.apfisio.pt/gifsm/index.php

Hoje é dia mundial do rim

Hoje é o Dia mundial do Rim. O objectivo deste dia é consciencializar a população mundial para a importância do rim na saúde e reduzir a ocorrência de problemas de saúde renais. 

 

 

Este dia foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2006, sendo comemorado todos os anos na segunda quinta-feira do mês de março. Em 2015 o tema foi “Rins saudáveis”.

 

Em 2016 o Dia Mundial do Rim celebra-se sob o lema de "Doença renal e crianças - Agir cedo para prevenir".

 

"É fundamental  combater o aumento da incidência de doença renal prevenível, nomeadamente lesão renal aguda e doença renal crónica, assim como tratar precoce e atempadamente as crianças com doenças renais congénitas e adquiridas. Para isso, deve ser incentivada e promovida a educação para a saúde, a detecção precoce de doença renal e a adopção de estilos de vida saudável na infância, desde o nascimento e até à idade adulta." (Sociedade Portuguesa de nefrologia)

 

Brochuras alusivas ao Dia Mundial do Rim: http://www.spnefro.pt/dia_mundial_do_rim/brochuras

Esclerose Múltipla

 

 

 

A Esclerose Múltipla (EM) é  uma doença desmielinizante degenerativa auto-imune do Sistema Nervoso Central (SNC), que afecta maioritariamente mulheres caucasianas e jovens adultos (entre os 20 e os 40 anos).

A doença surge devido à degeneração da camada de mielina do tecido nervoso, impedindo a transmissão dos impulsos nervosos.

 

 

 

 

 

 Existem três tipos de esclerose múltipla:

 

Esclerose Múltipla Recidivante Remitente (EMRR)  - Esclerose múltipla surto/remissão

Nesta fora de EM, os indivíduos apresentam surtos e voltam ao seu estado normal. Os sintomas surgem de forma aguda e progressiva, com duração de pelo menos 24 horas, podendo permanecer durante 3-4 semanas. Com o passar do tempo, os surtos podem tornar-se mais numerosos e mais intensos. Não há aumento da incapacidade entre os surtos. 

 

Esclerose Múltipla Secundária Progressiva (EMSP)

Desenvolve-se por um período de 10 a 15 anos. Resulta de uma fase de surtos, entre os quais não se dá uma recuperação total dos défices, havendo assim um acréscimo progressivo da incapacidade do individuo. 

 

Esclerose Múltipla Primária Progressiva (EMPP)

Trata-se de uma forma progressiva de EM, que ocorre com estabilizações ocasionais. Não ocorrem surtos, mas os sintomas agravam-se de forma constante até uma dada altura e pode não agravar-se por meses ou anos. 

 

 

 

Qual a sintomatologia?

A sintomatologia associada à EM poderá variar consoante a região do SNC que se encontra afetada. Os sintomas mais comuns são os seguintes:

  • Alterações do sistema visual (poderão ocorrer casos de neurite óptica)
  • Alterações da fala (disartria)
  • Alterações da sensibilidade (dormências, parestesias)
  • Alterações motoras (diminuição da força muscular, espasticidade, alterações do equilíbrio e coordenação, fadiga)
  • Alterações respiratórias
  • Alterações urinárias e sexuais
  • Alterações psicológicas e cognitivas

 

 

 

 

A fisioterapia nestes casos tem como objectivo ir de encontro às principais dificuldades que o individuo sente no seu dia-a-dia, seja na realização de algumas atividades como vestir, cortar a comida, levantar-se de uma cadeira ou até na marcha. O fisioterapeuta poderá informar e auxiliar o individuo acerca de quais os melhores produtos e que tipo de ajudas técnicas poderão ser utilizadas para tornar algumas destas atividades mais fáceis. Em casos de complicações do sistema respiratório a intervenção da fisioterapia respiratória também poderá auxiliar.

 

 

 

 

Para mais informações consulte:

Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla - http://www.spem.pt/

Associação Nacional de Esclerose Múltipla - http://www.anem.org.pt/